Como fazer um gerenciamento de estoque de forma efetiva? Entenda!

4 minutos para ler

Montar uma operação de gerenciamento de estoque é um desafio em muitas empresas. De fato, quando o trabalho não é objetivo, as perdas de mercadorias se tornam constantes e o processo de vendas apresenta falhas que saltam aos olhos dos consumidores.

O melhor caminho, nesse caso, envolve buscar soluções tecnológicas, como um sistema de gestão integrada, e realizar o acompanhamento das vendas de maneira adequada.

Assim, a imagem de sua empresa ganha credibilidade por tomar as melhores decisões internas ao mesmo tempo que aumenta a competitividade no mercado.

Quer saber mais? Vamos mostrar como fazer um gerenciamento de estoque de forma eficiente. Acompanhe!

Verifique as validades

Um dos principais segredos para fazer o gerenciamento de estoque é o controle da data de validade dos produtos. Essa medida ajuda a evitar desperdícios e ainda melhora o fluxo de vendas, pois a empresa tem noção exata da quantidade de itens disponíveis e se assegura de não comercializar produtos vencidos.

Além disso, ter todas as datas de validade controladas possibilita criar ações pontuais em um saldão pensado estrategicamente para aumentar o giro de estoque.

Monitore o transporte e a exposição nas prateleiras

O método de transporte e a forma de exposição do produto podem comprometer sua qualidade. Por isso, o sistema de controle e prevenção deve começar, justamente, no momento em que a mercadoria chega ao local de armazenamento. O ideal, aqui, é que o processo de recebimento seja o mais detalhado possível.

Como resultado, com um olhar amplo sobre as possibilidades do estoque, os gestores conseguem tomar decisões em longo prazo que impactam nos lucros. Um bom exemplo está nos produtos perecíveis que precisam ser expostos e armazenados em formatos diferentes para aumentar a durabilidade em cada etapa do processo.

Atualize as informações

Se existir qualquer falha de comunicação nas informações de estoque, sem dúvida, vários setores da empresa são diretamente impactados. Então, tenha cuidado redobrado com a distribuição de tarefas entre os colaboradores para evitar prejuízos tanto na imagem com o público quanto em relação aos parceiros comerciais.

Uma boa dica, em uma situação como essa, é apostar no inventário frequente de estoque. Por meio desse tipo de controle é possível fazer a integração do estoque virtual com os dados recebidos pelos gestores e o volume de vendas.

A partir disso, você aumenta o conhecimento em relação ao seu estoque e consegue entender quais produtos estão parados ou são verdadeiros sucessos de venda. Essa medida ainda ajuda a compreender as preferências dos consumidores na hora de criar novas ações.

Tenha processos estruturados

Ter processos bem estruturados é um divisor de águas no controle de estoque. Tudo deve ser baseado em uma estrutura fixa de gestão. Essa rotina adotada permite otimizar cada detalhe e estabelecer regras essenciais. A principal delas é colocar o que vence primeiro como prioridade de saída.

Saiba que a padronização é o que reduz as perdas consideravelmente. Sendo assim, inclua na rotina rondas e vistorias para verificar o andamento dos procedimentos colocados em prática e conquistar melhorias ao ouvir os diversos colaboradores envolvidos.

Agora você sabe como fazer o gerenciamento de estoque. Apostar em processos otimizados que mostram uma visão ampla das mercadorias é o ideal na hora de evitar perdas. Como resultado, também se torna muito mais simples manter a saúde financeira e aumentar as vendas em longo prazo.

Gostou das informações do artigo? Então conheça soluções inovadoras de suporte e relacionamento comercial capazes de impulsionar seu negócio.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário