O que é Cloud Computing, como ele funciona e quais são suas vantagens?

7 minutos para ler

O cloud computing tem um conceito tecnológico e uma forma de produzir serviços que beneficiam tanto as empresas como seus clientes. Suas soluções são direcionadas a armazenamento de dados, comunicação entre computadores e dispositivos móveis, métodos de desenvolvimento de aplicações, entre outras funções.

Tudo é realizado na nuvem para que os usuários tenham acesso de qualquer local. Com isso, eles podem entrar em aplicativos, arquivos e serviços com segurança, bem como arquivar o que é importante para eles. Para entender melhor sobre o cloud computing e o que pode trazer de benefícios ao negócio, continue a leitura!

O que é cloud computing?

Cloud computing significa computação na nuvem, ou seja, trata-se de um serviço de tecnologia da informação que permite o acesso a diversos arquivos e programas por meio de dispositivos como computadores, tablets, notebooks e celulares, desde que estejam conectados à internet.

Com isso, as empresas podem executar soluções de TI pelos servidores remotos, com a finalidade de disponibilizar ferramentas no ambiente corporativo, como softwares de gestão e aplicativos online. Essa facilidade reduz custos, traz mobilidade, aumenta a produtividade, além de proporcionar maior controle dos processos.

Como o cloud computing funciona?

O funcionamento e o acesso ocorrem por um servidor remoto que se conecta aos dispositivos dos usuários. Nele, são armazenados os softwares e as informações que são utilizados pelos colaboradores da empresa.

Existem três tipos de cloud computing e o gestor deve escolher o que mais se adéqua ao seu negócio. Conheça quais são, a seguir!

Nuvem pública

A nuvem pública oferece instrumentos como servidores e armazenamento provenientes de terceiros e disponíveis para qualquer pessoa, desde que tenha adquirido o serviço. Sendo assim, a prestadora tem a incumbência de realizar a manutenção da plataforma, a segurança e o gerenciamento dos dados. Por outro lado, o usuário será responsável pelos arquivos que serão enviados para a nuvem, podendo ser um aplicativo, backup, entre outros.

Assim, as pessoas que utilizam esse sistema têm tudo disponível na internet, compartilhando o mesmo espaço, mas com pastas organizadas separadamente. A ferramenta, portanto, mantém os recursos padronizados, reduz os custos para quem adquire o serviço e evita altos investimentos em TI.

Nuvem privada

Esse modelo traz algumas diferenças, pois a empresa é quem domina a infraestrutura da nuvem de forma interna, permitindo o acesso apenas a colaboradores e parceiros selecionados. Os gestores podem personalizar as funções e o suporte conforme a demanda, já que os processos são voltados ao próprio negócio.

Nuvem híbrida

Na nuvem híbrida, há uma combinação dos dois modelos anteriores, de forma que compartilham dados e aplicativos. Com isso, você pode optar em ter informações privadas, que poucos colaboradores terão acesso e outras que ficarão públicas. Entretanto, isso varia conforme a estratégia do negócio.

Quais são as vantagens do cloud computing?

O avanço da tecnologia gera a amplitude de serviços, ferramentas e funcionalidades que atendem às necessidades tanto das organizações quanto de seus consumidores. Portanto, proporciona benefícios interessantes. Confira alguns benefícios da tecnologia do cloud computing!

Redução de custo 

Além de não ser barato construir os próprios servidores, é algo demorado, porque é preciso fazer a solicitação, pagar, instalar, configurar, testar e ajustar até que tudo fique adequado. Contudo, com o cloud computing você paga um valor mensal e usa todos os recursos de que necessita.

Escalabilidade

Ainda é possível aumentar ou reduzir a capacidade de sua máquina com apenas alguns cliques, segundo as suas necessidades, visto que a ferramenta permite resolver os problemas de sazonalidade de acessos ou picos devido à flexibilidade. Isso, sem dúvidas, auxilia na redução de custos.

Powered by Rock Convert

Agilidade

Essa maleabilidade traz agilidade, já que a empresa consegue ofertar soluções de TI de maneira rápida, de acordo com a demanda e com baixo custo. Ou seja, pode implementar diversos servidores em questão de minutos.

Confiabilidade

As funcionalidades de uma computação na nuvem são mais confiáveis, consistentes e gerenciáveis do que as de uma estrutura dessa interna. Afinal, fica disponível 24 horas por dia, nos 365 dias do ano. Caso ocorra algum erro, todos os documentos e programas podem ser transferidos para outros dispositivos.

Armazenamento ilimitado

A capacidade de armazenamento ilimitado diz respeito à possibilidade de aumentar o espaço sempre que for necessário. Você pagará um valor a mais quando precisar de mais área no ambiente virtual, mas não haverá necessidade de comprar drives externos.

Backup e recuperação

Também, existe a facilidade de fazer backup e restaurá-lo em um mesmo dispositivo físico, uma vez que a tecnologia possibilita a recuperação de informações a qualquer momento. Isso é bastante conveniente para o usuário, além de trazer mais segurança para suas informações.

Acesso fácil às informações

Uma vez que faz a migração dos arquivos e programas para a nuvem, quem for usá-lo poderá acessá-los de qualquer lugar do mundo. Claro que para isso a conexão com a internet deve ser de boa qualidade. Do contrário, o processo pode ficar lento e demorado.

Quais sãos os serviços que o cloud computing possui?

Dentro do cloud computing é viável realizar a integração de ferramentas, segundo o perfil do negócio. Sendo assim, um gestor de TI obtém o retorno sobre o investimento e amplia a competitividade ao oferecer os serviços abaixo. Veja!

SaaS

O Software como serviço (SaaS) comporta que os usuários acessem sistemas sem precisar adquirir a licença. Dessa maneira, é autorizado o uso gratuito da nuvem, porém, com recursos limitados.

Contudo, nesse modelo ainda existem recursos mais avançados que são cobrados. Usualmente, existem vários planos de serviços oferecidos, cujos valores vão evoluindo gradativamente. Logo, o usuário entra na plataforma via web sem precisar instalar, configurar ou investir em autorização. Por exemplo, dá para ter Customer Relationship Management (CRM) e Enterprise Resource Planning (ERP) pelo SaaS, WhatsApp, Facebook etc.

PaaS

Por outro lado, a Plataforma como Serviço (PaaS) oferta um ambiente completo em que seu negócio poderá customizar sistemas e aplicativos. Nela estão incluídos o sistema operacional, as ferramentas de desenvolvimento, de gerenciamento de banco de dados, de business intelligence, entre outras funções para trabalhar os serviços via computador ou dispositivos móveis.

Entretanto, a programação deve ser bem estruturada, porque a administração, a manutenção e a atualização são realizadas pelo provedor.

IaaS

Já a Infraestrutura como Serviço (IaaS) são recursos alugados, como servidores, racks, datacenter e demais ferramentas para a transmissão e o armazenamento de informações. De acordo com o que for escolhido, ele é cobrado pelo volume de servidores que serão necessários e quantidade de dados armazenados ou de tráfego gerado. Sua vantagem é a escalabilidade, pois, em determinado período, o negócio terá poucos dados e em outros pode haver um aumento expressivo.

Independentemente do tipo de serviço contratado de cloud computing, as empresas devem fazer um planejamento, definir qual é o mais indicado, levantar custos e implantar o mais adequado a elas, assim garantindo a segurança e a agilidade nos processos de gestão e atendimento ao cliente.

Gostou do nosso artigo? Se ficou com alguma dúvida ou quiser trocar sua experiência conosco, deixe um comentário!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário