Entenda como escolher um sistema ERP para distribuidores

4 minutos para ler

Muitos gestores já ouviram comentários sobre os sistemas ERP, já que eles fazem parte do universo corporativo. A tecnologia ajuda a maximizar os lucros, a reduzir gastos excessivos e a aprimorar as rotinas organizacionais. O volume de informações capturadas pelas ferramentas é enorme no cenário empresarial. Com elas, podem-se desenvolver estratégias acertadas para o cumprimento de metas.

Neste post, vamos explicar o que é um sistema ERP para distribuidores e como ele funciona. Além disso, vamos falar sobre a importância desse sistema para as distribuidoras e apresentar quais são as especificidades dele.

Gostaria de saber mais sobre sistema ERP para distribuidores? Descubra como é possível aumentar a sua rentabilidade com o uso dele!

Saiba o que é um ERP e como ele funciona

A sigla ERP significa Enterprise Resource Planning, cuja tradução quer dizer Planejamento de Recursos Empresariais. É um conjunto de softwares que automatiza a gestão das empresas, tratando operações rudimentares e atingindo os níveis estratégicos. Eles englobam tudo, inclusive, declarações fiscais das distribuidoras.

Os sistemas contam com diversos elementos diferenciados, que se relacionam uns com os outros. Fazem a coleta, manipulam, processam e armazenam os dados das plataformas, além de fornecer o feedback. Eles contam com diversos módulos, por exemplo, estoque, vendas, financeiro, compras, entre outros. Todas as informações são obtidas e transmitidas em tempo real.

Descubra a importância de um ERP para as distribuidoras

Um ERP é importante para lidar com o imenso volume de informações que são coletadas para a criação de estratégias. Isso é bastante comum no atual contexto, tendo em vista a competitividade do mercado.

É praticamente impossível enfrentar o desafio de tratar os dados manualmente. As ferramentas evitam erros em registros, planilhas ou processos manuais.

O sistema avisa quando as informações estão incorretas e viabiliza a correção instantânea para evitar problemas maiores. Consequentemente, o ERP torna as empresas mais rentáveis e escaláveis, com a integração de todos os setores. O controle dos recursos que entram e saem também é aprimorado para a identificação de possíveis melhorias.

Compreenda como o ERP pode aumentar a rentabilidade

O investimento em um ERP aumenta a rentabilidade das empresas, tendo em vista que as informações mais relevantes são disponibilizadas pelo sistema. O gestor consegue visualizar e trabalhar com dados sobre lucros, promoções, preços etc. Com isso, ele consegue criar ações estratégicas para elevar a lucratividade e obter resultados satisfatórios.

Confira as funcionalidades essenciais de um ERP

O sistema ERP oferece soluções para os mais diversos problemas enfrentados pelas distribuidoras. Ele tem diversas funcionalidades, sendo o gerenciamento de pedidos feitos por clientes uma das mais significativas.

A tecnologia auxilia integrando pontos de vendas, controlando o status dos pedidos, limitando o crédito, fornecendo roteiros de entregas e apresentando o lucro por venda realizada. Observe, abaixo, outros pontos!

Integração entre os departamentos

A solução une todos os setores da empresa para que os líderes consigam decidir com agilidade e eficiência. Coordenadores e gerentes obtêm uma visão ampla das demandas externas e internas, visualizando os processos em conjunto. Não há duplicidade de dados e nem redundâncias.

Visão consolidada dos canais

As distribuidoras têm diversos canais para oferecer os seus produtos. O ERP ajuda a lidar com esses meios de forma simultânea. O acesso aos dados de outros departamentos evita a comercialização de produtos indisponíveis e protege a imagem da marca. Os vendedores externos podem consultar as informações a toda hora e de qualquer lugar.

Controle de estoque

Os softwares melhoram a gestão do estoque, que é um setor sensível das distribuidoras. Eles controlam uma enorme quantidade de produtos, suas entradas e saídas, e avaliam as reposições. As tarefas são realizadas com muita facilidade por que os dados são lançados no sistema.

Agora, você já sabe como escolher um sistema ERP para distribuidores! Procure ferramentas que emitam os documentos fiscais, calculem as comissões e a tributação, controlem a devolução das compras, façam o romaneio de frete por endereço, separem produtos por ordem de prioridade de entrega e atendam a todas as suas expectativas!

Deseja receber informações sobre temas importantes todas as semanas? Então, assine a newsletter!

Posts relacionados

Deixe um comentário