Benchmarking: entenda como ele funciona e como fazê-lo

4 minutos para ler

Você já deve ouvido falar da importância de manter uma boa presença online e ser reconhecida como uma autoridade em um determinado segmento. Conquistar essas metas requer reforços do time marketing focados no benchmarking.

Ter um diferencial competitivo ajuda sua marca a melhorar o posicionamento no mercado atuante e realizar ações mais assertivas, alinhadas às práticas que se adequam as necessidades do público e à proposta principal da corporação.

No intuito de ajudar o seu processo de entendimento desse termo, mostraremos abaixo informações importantes sobre ele, que com certeza agregará muito valor para a sua gestão. Portanto, continue conosco e tenha uma ótima leitura!

O que é benchmarking?

Em certos momentos da nossa vida, precisamos de exemplos práticos para buscar as diretrizes necessárias que gerarão o resultado que buscamos. O benchmarking tem justamente essa proposta, ele é caracterizado pelo ato de monitorar empresas do seu segmento que obtiveram êxito em uma determinada demanda.

Conhecer a maneira que o concorrente executou um determinado processo inspira sua empresa a conseguir resultados vinculados a sua realidade e personalidade. O intuito não é copiar, mas criar boas práticas que melhoram o desenvolvimento de fluxos e facilitam as suas ações e os seus investimentos.

Como o benchmarking funciona?

Apesar de o monitoramento da concorrência ser uma tarefa presente em certos setores de uma empresa, nada melhor que conhecer o método benchmarking e se aproximar dessas grandes referências no mercado de maneira estratégica e produtiva para ambos.

Em um primeiro momento, é necessário fazer um levantamento dos seus concorrentes diretos e fazer uma leitura analítica do modo como ele conduz o branding. É interessante verificar a produção de conteúdo, desempenho em vendas e se eles dispõem de cases de sucesso.

Além das pesquisas na internet, é preciso ter contato presencial com essas marcas. Eventos corporativos são uma ótima ocasião que possibilita essa troca de conhecimento. Se tiver oportunidade, visite a sede deles. Essas duas ações também são muito usadas no intuito de networking.

O que evitar ao fazer benchmarking?

Não é necessário fazer essas aproximações com toda a sua lista de concorrentes. Geralmente, basta no máximo as três empresas que mais se aproximam da finalidade que sua marca deseja alcançar.

É necessário estabelecer alguns indicadores de análise que trazem aspectos qualitativos e quantitativos. Apesar de parecer uma tarefa simples, muitos cometem erros que podem colocar a perder todo o esforço feito. Conheça os principais exemplos para não cometê-los.

Não ter objetivos

Sem um objetivo definido, o profissional fica sem saber como gerenciar o benchmarking e não usa as informações coletadas de uma maneira estratégica. Por exemplo, se seu objetivo é fazer redução de custos na empresa, você deve focar em abordagens ligadas a essa finalidade. Tal definição facilitará a busca pelas respostas desejadas.

Não dar procedimento ao benchmarking

O benchmarking não deve ser visto como uma ferramenta usada apenas em momentos específicos. As análises devem ser feitas constantemente. Afinal, uma empresa que deseja crescer e apresentar um diferencial precisa ter sempre novos objetivos e metas. Logo, é uma tarefa que deverá ser incluída na sua rotina de trabalho.

Monitorar métricas que não têm relevância

As métricas devem ser escolhidas conforme o seu objetivo com a coleta de dados geradas pelo benchmarking. Por mais que algumas possam ser interessantes, é importante focar apenas naquelas que trarão o resultado desejado e possibilitará que o profissional identifique pontos de melhoria e adaptação na performance da ação investida.

Durante a leitura deste artigo, você conheceu o que é benchmarking e o quanto ele pode ajudar a sua empresa a crescer. Portanto, siga nossas dicas e comece a fazer uso dele no seu dia a dia.

Assine nossa newsletter e fique por dentro de outras novidades que possibilitarão a construção do seu diferencial competitivo.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário